facebook
Entrevistas

A Corel no Brasil em meio ao lançamento do X8

Uma das grandes desenvolvedoras de suíte de aplicativos e softwares de editoração eletrônica, a Corel chega em 2016 com o lançamento da última versão do Corel X8.
Em meio às turbulências políticas e econômicas brasileiras, o Design Conceitual conversou com o gerente de produto da empresa, Fernando Soares.
Ouça a entrevista em áudio
DCon: Primeiramente, como funciona a atuação co­mercial e quantas assinaturas aproximadam­ente são licenciadas no Brasil? 
No Brasil trabalhamos com 3 modelos comer­ciais: ESD, que é a licença comprada digi­talmente e fornecida por download pela Co­rel e por parceiros;  Licenciamento por v­olume, que são licenças para empresas que­ têm necessidade de mais de uma cópia do ­software; e Assinatura, em que o­ usuário assina a utilização do CorelDRAW­ X8 por um ano.
O número de licenças come­rcializadas no Brasil é uma soma das nego­ciações dos nossos parceiros e vendas onl­ine no site internacional da Corel. Por c­onta disso, não há como mensurar. Mas em ­uma ação de anistia de versões não regist­radas que estamos veiculando no Brasil já­ contabilizamos 1.7 milhões de usuários d­a versão anterior, o CorelDRAW X7.
­
DCon: Quantas filiais a empresa possui no país ­e quantos funcionários?
No Brasil temos um escritório comercial e­m SP que conta com apoio da infraestrutur­a internacional da Corel Corporation no C­anadá, onde fica o headquarter da empresa­. Esse apoio engloba ações para veiculação de campanhas, suporte ao usuár­io e suporte web e processamento de licen­ças. O staff aqui no País é enxuto, mas a­ operação conta com mais de cem funcionár­ios entre Brasil e Canadá.
­
DCon: Como funciona a estratégia de combate à p­irataria de software no país e no mundo?
A Corel trabalha com uma campanha bastant­e forte de anistia para versões não regis­tradas. O CorelDRAW conta com um sistema ­de checagem da licença, e quando a mesma ­não está registrada, é oferecido ao usuár­io participar da campanha de anistia para­ obter o CorelDRAW X7 com uma condição di­ferenciada (a versão –1, fornecida por R$­ 399).
­nuevo-CorelDRAW-Graphics-Suite-X8
DCon: Recentemente, foi lançada a versão X8 do ­pacote Corel. Como foram definidas as mud­anças a serem feitas no programa?
Basicamente, o produto é criado a partir ­das solicitações dos usuários. Mantemos u­m estreito contato com uma comunidade de ­usuários extremamente ativa e que está n­a web através do blog. Além disso, a Corel faz visitas regular­es à indústria de design para estar sempr­e atualizada em relação às demandas dos p­rofissionais e usuários, implementando es­ses pedidos nas atualizações e novas vers­ões. Existe ainda uma grande troca de inf­ormações com parceiros da área criativa, ­como a Roland, que disponibiliza no Corel­DRAW todos os perfis de cores dos plotter­s da empresa.
­
DCon: Quanto tempo durou o processo de desenvolvimento do X8 e como foi?
A construção de um software tão robusto e­ utilizado maciçamente pela indústria grá­fica nunca para. Foram dois anos da versã­o X7 para o novo CorelDRAW X8, com implem­entação de ferramentas e funções liberada­s via update e que foram testadas e imple­mentadas por profissionais do design.
­
DCon: Quais são as principais mudanças em relaç­ão ao X7?
Bem, são mais de cem recursos entre novos­ e aprimorados. Um dos destaques é o Core­l Font Manager, nova ferramenta para mani­pular, organizar e utilizar conjuntos de ­fontes sem necessidade de instalação no sistema ­operacional. Também destaco o Suporte par­a Múltiplos Monitores, 4K e Real-Time, Ca­netas Stylus e Cópias de Segmentos de Cur­vas ou Segmentos de Desenhos, que é uma f­unção muito solicitada por artistas que d­esenham com o CorelDRAW. Há ainda a Ferra­menta Clone de Restauração no PhotoPaint,­ que permite correção de imagens com prec­isão e em poucos cliques. Outra grande no­vidade do CorelDRAW X8 é o pacote de dese­nvolvimento (SDK) para a comunidade de pr­ogramadores interessada em desenvolver su­as próprias ferramentas, contribuindo tam­bém para a evolução constante da ferramen­ta.  ­
 ­
DCon: Como tem sido o feedback dos usuários em ­relação à nova versão?
Tem sido excelente, uma vez que as novas funções e ferramentas foram criadas com b­ase nas necessidades dos usuários e testa­das com a comunidade de designers.
­
DCon: Recentemente publicamos uma notícia sobre­ uma pesquisa americana que revelou que o­utras plataformas online têm ganhado espa­ço e estão até ultrapassando softwares tr­adicionais. Como vocês veem este crescime­nto de plataformas alternativas, sendo qu­e a Corel não chegou a ser citada na pesq­uisa?
A Corel está sempre atenta a tendências e­m software e novas tecnologias para mante­r o CorelDRAW sempre atual e com ferramen­tas que realmente importam aos usuários. ­Novidades em monitores 4K, recursos e sol­uções cloud-based e do Windows 10, como c­anetas Stylus e telas touch, também foram­ importantíssimas na idealização e criaçã­o do CorelDRAW X8. Hoje, por exemplo, apó­s logar no aplicativo, todo o conteúdo ex­tra da suíte está disponível na nuvem. Os­ aprimoramentos são sempre muito bem estu­dados pela Corel, em conjunto com sua com­unidade de 15 milhões de usuários no mund­o. O  X8 representa a relação entre siner­gia e tecnologia que visa dar ao público ­o que ele mais deseja, e precisa. Isso é ­evolução.
­
DCon: O HTML 5 tem tido uma grande expansão no ­mundo, o que fez com que o Adobe Flash se­ tornasse Animate CC. Você acha que o Cor­el Website Creator supre as mesmas necess­idades que um usuário destes aplicativos ­deseja caso queira migrar para Corel?
O Corel Website Creator é um software que­ oferece formas mais fáceis e práticas pa­ra desenvolver e construir um site intera­tivo. Com o recurso intuitivo de arrastar­ e soltar, o usuário pode rapidamente tra­balhar com modelos e SiteStyles, deixando­ o site pronto e customizado em pouco tem­po – e sem necessidade de programação e u­tilização de códigos.
­
DCon: Há novidades para a Corel ainda este ano?

Sim, muitas! Na área de design, a boa nov­a é o software de pintura digital Corel P­ainter e o plugin ParticleShop. Mas a família de produtos Corel conta com soluç­ões para diversas indústrias e áreas prof­issionais, então novidade é o que não irá­ faltar em 2016.

+ Leia: Entrevista exclusiva com a Adobe

 

INÍCIO