Notícias

Google Chrome adere ao Material Design

Screenshot_2016-01-07_at_10_38_53_AM__1_

Print mostra como será a nova interface do navegador (Foto: Reprodução).

Após a troca de logotipo em setembro do ano passado, o Google Chrome deve ser o próximo produto da empresa a aderir à técnica do “Material Design”, segundo o The Next Weeb.

O novo visual já tem sido testado, mas não deve trazer tanta diferença, já que o atual layout do navegador já conta com um visual simples e traços do Flat Design, técnica que busca um design mais simples e minimalista.

Mudanças na interface
Mantendo as principais características de organização de elementos e menus, a principal diferença nas versões deve ficar nos detalhes, principalmente na página de navegação anônima, na barra de endereço e de rolagem, que passam a ser retas.

Mais rápido
Além de alterar o design, o navegador deve ficar até 25% mais rápido que a atual versão. Segundo o engenheiro do Google, Ilya Grigorik, o atual algoritmo de compressão do Chrome, o Zopfli, será substituído por um novo, batizado de Brotli. Eesde setembro de 2015 está sendo desenvolvido e agora passa pelos estágios finais. “Boa notícia, Brotli  compression está chegando a um navegador Chrome perto de você!”, comemorou Grigorik em uma rede social.

Caso você já queira testar a nova versão, é possível por meio do Google Canary, versão de teste para novas funcionalidades.

O Material Design
Considerado uma evolução do Flat Design, o Material Design deve ser adotado em praticamente todas as plataformas do buscador. A técnica busca trazer elementos da realidade e representá-los em 3D. Assista a um vídeo que explica mais sobre a técnica:

 

INÍCIO