Referências

Star Wars: 40 anos de identidade

55cf5796-69d4-4484-a541-81aa0ad1da01

Essa semana os fãs de Star Wars ficaram extasiados durante a Star Wars Celebration, evento dedicado aos amantes da franquia. Lá, foi apresentado o espetacular trailer do novo episódio, Star Wars: The last Jedi. Em terras tupiniquins, o evento foi transmitido ao vivo na CCXP Tour Nordeste.

Guerra nas estrelas é uma ópera espacial criada por George Lucas. A franquia de sucesso conta com sete episódios cinematográficos, um spin off e algumas animações. O primeiro filme foi lançado em 1977, tornando-se um sucesso de crítica e bilheteria, contrariando a baixa expectativa dos estúdios, elenco e até mesmo de seu criador.

Os anos que seguiram foram marcados pelo lançamento de O Império Contra-Ataca e O Retorno de Jedi, com intervalo de três anos cada. Dezesseis anos após o sucesso da trilogia inicial, temos o lançamento de uma nova (A Ameaça Fantasma, Ataque dos Clones e A Vingança dos Sith), entretanto, agora temos o jovem Anakin Skywalker em uma longa jornada para tornar-se o ícone da cultura pop, O Darth Vader.

giphy (1)

Se você quiser entender melhor a linha do tempo da série, o Omelete desenvolveu uma animação que explica com detalhes.

Ok, mas e onde fica o design na saga?

Independente do filme ou trilogia, uma coisa é unânime: a identidade que é aplicada durante toda a franquia, seja peloo logo consistente, a identidade sonora, a abertura icônica, o design dos personagens e a série de efeitos especiais que marcaram época, todos convergem para um visual bem definido.

Logotipo

O clássico logo com fontes display usado na franquia cinematográfica nem sempre foi do jeito que estamos acostumados, na realidade, ele só foi introduzido na franquia em 1985, quando foi redesenhado.

O primeiro logo imaginado para representar a franquia remetia ao personagem  Han Solo com características do Luke, pelo menos, assim é a interpretação geral. Além disso, ele era composto pelo título original, The Star Wars.

original-28-640x804 (1)

“… Foi feito como um símbolo para o filme para aparecer em latas de filme e cartas. George [Lucas] tinha um para American Graffiti e queria também para Star Wars”.

” … Foi feito quanto estávamos trabalhando no figurino”, disse McQuarrie. “Foi assim que imaginamos inicialmente Han Solo. Poderia ser um pouco do personagem do Luke, mas eu acho que é mais como Han. De qualquer forma, George decidiu que Han Solo deveria ser um personagem mais relaxado, e sua roupa foi mudada. Mas isto foi feito antes dessa alteração.”

Para aplicação em materiais impressos como panfletos, cartazes, e papeis timbrados uma variação do logo foi criada. Dessa vez, o nome do filme perde o artigo “THE” e a disposição é alterada para uma leitura horizontal.

00

Saltamos para 1976… como estratégia para divulgar o filme, o diretor George Lucas convence uma editora a lançar uma novel da série. Nessa publicação o logo tomou uma roupagem mais clean, usando a fonte Helvética.

01

A primeira representação do logo em perspectiva com o uso de ponto de fuga foi idealizada por Dan Perri, mas infelizmente ela só foi utilizada em cartazes promocionais.

O logo como conhecemos foi idealizado por Suzy Rice alguns anos depois e a estrutura clássica e as ligaduras entre as letras partiram de seu projeto tipográfico, mas esse ainda passou por alterações e refinamentos nas mãos de Johnston:

original-18-640x360

Com o passar dos anos, alguns detalhes foram atualizados e inseridos no logo. Podemos citar as adaptações da história para Marvel ou cartazes, mas a estrutura clássica ficou predominante.

Star-Wars-01-Jim-Novak-640x973

Identidade Sonora

A trilha sonora é um fator determinante no sucesso de um filme, fato indiscutível, afinal, você conseguiria imaginar a franquia Star Wars ou mesmo só a abertura sem a música que a compõe? Dificilmente. Todas as composições sonoras dos filmes foram realizadas pelo premiado John Towner Williams, também premiado como compositor americano responsável por outros clássicos como Jurassic Park, ET e Indiana Jones.

Abertura icônica

A consistência visual da franquia é vista já em sua abertura, com as letras amarelas no fundo espacial introduzindo a história e contextualizando o episódio, e tudo isso enlaçado ao som da música tema.

No lançamento do episódio 07 da franquia surgiu um site que permite que você crie sua própria versão da abertura.

O design dos personagens

Além da ambientação e todos os efeitos especiais que compõem e dão destaque ao filme, outro grande trunfo é a construção e caracterização dos personagens. Não é à toa que o primeiro filme foi indicado a mais de 10 categorias no Oscar daquele ano, sendo que, duas delas foram melhor figurino e direção de arte.

A saga é marcada pelo visual inovador dos Sandtrooper e sua uniforme branco e seus capacetes que marcaram a geração.

alfabeto-star-wars-capa

O mestre Yoda, construído e projetado pelos engenheiros do estúdio, era capaz de se movimentar e mudar de expressão. Aliado à construção de figurino, maquiagem e a história interessante construída em torno deles, os personagens se tornaram ícones da cultura pop com uma série de brinquedos ainda comercializados hoje.

545736-970x600-1

Efeitos especiais

Com 8 milhões no bolso e uma crise no segmento de ficção científica, George Lucas tinha um grande desafio pela frente: construir uma estrutura de efeitos especiais que fosse funcional e trouxesse o realismo fantástico para sua obra, ao final de uma longa pesquisa ele decidiu criar sua própria empresa no segmento a Industrial Light & Magic, uma subdivisão da Lucas Filmes.

A saga é marcada pela luta com sabre de luz, os cenários espaciais, e principalmente, todas as lutas de espaçonaves em pleno espaço sideral. Na época, toda a tecnologia usada foi classificada como revolucionária, prova disso que toda a franquia foi indicada ao Oscar de melhor efeito especial.

Uma nova galáxia

Em 2015, foi lançado o primeiro filme da trilogia com o primeiro filme: “O Despertar da Força”, dirigido por J.J Abrams. O filme segue os mesmo princípios de identidade visual dos anteriores, entretanto, agora temos uma filosofia e enquadramento mais moderno, uma mulher no papel principal e sua jornada de herói.

Visualmente, essa nova trilogia teve algumas atualizações, os sabres de luzes ganharam um update no visual e novos personagens foram introduzidos como o amado BB-8, dando início a um frenesi de novos objetos colecionáveis.

Sem Título-1

Esse ano temos também o lançamento de Star Wars: Os Últimos Jedi (Star Wars: The last Jedi), além do trailer inédito no início do artigo, foram lançados cartazes oficiais do filme.

Sem Título-1

O exemplo da saga é importante para mostrar como construir uma identidade é uma tarefa árdua, principalmente, quando ela é perpetuada por quatro décadas, transmitindo valores, filosofias e conceitos diferentes para cada geração. Star Wars demonstra que isso é possível quando os elementos primários e secundários transmitem a mesma ideia. Logotipo, identidade sonora, personagens e efeitos especiais constroem um universo maior: Star Wars.

Mais lidas

INÍCIO