facebook
Mercado

“Alimentação” para designers

Não, não se preocupe que não vou falar de comida literalmente. Isso é da alçada de uma nutricionista, que não é o meu caso! 😀

Mas nesse artigo, vou falar das muitas vezes que ficamos estagnados em frente ao computador, com a tela em branco, nenhuma ideia vem a cabeça e o prazo de entrega do projeto vai se esgotando.

É desesperador. Todos já devem ter passado por isso alguma vez na vida.

Por isso que nós, designers, e também criativos em geral, temos a necessidade de um certo tipo de “alimentação” constante para nos mantermos ativos e criativos, estas são as chamadas referências.

Nos abastecer com o máximo de referências visuais é o que vai aumentar nosso repertório e evitar os tão temidos bloqueios criativos.

+ Leia: A importância da cor na comunicação visual 

Precisamos nos alimentar de referências para criar um acervo mental rico e diversificado, que poderemos explorar futuramente em designs diferentes e inovadores.

Livro Roube como um artista Rocco

(Foto: Reprodução).

No livro “Roube como um artista”, o autor Austin Kleon cita:

O computador é muito bom para editar suas ideias, e é muito bom para deixá-las prontas para publicar e lançá-las ao mundo, mas não é muito bom para gerar ideias”.

E é exatamente esse pensamento que eu acredito e que quero passar para vocês. Aliás, esse livro é ótimo, recomendo muito a leitura! 😉

Para isso, precisamos sair de frente das ferramentas do computador e fazer coisas diferentes no nosso dia a dia:

  • viajar sem rumo pela internet, não somente em blogs sites de referências para designers, como também sites aleatórios, de assuntos diversos;
  • andar pela rua, observar as pessoas, as vitrines, a natureza;
  • livros, entrar numa livraria e observar as capas, ler livros de assuntos diversos e ficção;
  • cinema, teatro, shows de música, exposições de arte;
  • viajar, conhecer lugares e culturas diferentes;

Acreditem, a inspiração e ideia inovadora para um trabalho pode vir de algo totalmente inusitado e nada a ver com o assunto que você está tratando no momento. Por isso, quanto mais rico for o seu acervo e fontes de inspiração, mais criativo você será.

Mais lidas

 

100porcentodesign culturedrawgkpgkpuncod
INÍCIO