facebook
Design

7 identidades visuais de LP´s como referência

be9dd838295873.575c69496c231

Parece que eles estão de volta, isso mesmo! Os discos de vinis, famosos no século passado, voltaram e agora como artigo de luxo. Recentemente, um relatório feito pela RIAA, constatou que em 2016 os discos de vinil foram responsáveis por US$ 430 milhões — 26% de todos os ganhos obtidos com a venda de mídias físicas nos Estados Unidos.

Para se ter uma ideia, essa foi a melhor parcela obtida pelos bolachões desde 1985 — ano em que foi lançado “Brothers in Arms” (Dire Straits), “Meat is Murders” (The Smiths) e “We Are The World” (Michael Jackson’s USA for Africa).

Com a volta dessa mídia na casa dos consumidores, este poderá ser um nicho a ser explorado nos próximos anos. Reunimos sete capas de LPs para que você tenha como referência:

Get Down, por Alex Pluda

707cba43388077.57fc891359497

Crosswalk Vol. 2, por Lens Zinc, Thibalt DARNEAU, Basile Baudet, Vincent Hennebert, Pierre-Alexis Génard

15745b49781801.58bebc5453f5a

f7d2df49781801.58bebc5451415

6f5dea49781801.58bebc5451941

4ccc2e49781801.58bebc54544a0

Paper Tiger – Blast Off LP, por Animisiewasz Startt

f8e79544583479.581759eb4bc9d

cdce5d44583479.581759eb4d519

f3e9ed44583479.581759eb4dbfd

56d66444583479.581759eb4e8fe

Chip Wickham – La Sombra LP, por Animisiewasz Startt

832ed350957589.58de3216289cc

Nord, por Ivo Matić

3d3d4949999709.58c45bed07981

Onyx, por Alex Pluda

d0b2d541141477.579a53b4945c3 (1)

Andy Fox – Tempus Fugit, por Alessandro Strickner

be9dd838295873.575c69496c231

3a56c438295873.575c62d55bc6a 6a4d2f38295873.575c62d55af4f

Qual sua opinião sobre a volta dos LPs? 

 

INÍCIO