Colunas

Vinho ou suco de uva?

Uva-Morandini-Design

Design pode até ser democrático mas nunca será unânime.

Quando desenhamos uma marca, por exemplo, ela falará para um determinado grupo em detrimento de outras tantas pessoas.
Ela, a marca, não foi criada para conversar com um público amplo mas sim para o target específico para o qual está direcionada.

O mesmo acontece com os produtos, os objetos, as capas dos livros, as embalagens e até mesmo os ambientes.

A exceção talvez seja a sinalização, onde não há espaço para agradar ou falar apenas com determinado público. Nesse campo há uma urgência de sermos precisos e claros, sem dar chance à interpretação ou ao erro na mensagem.

Tirante essa exceção, porém, é um grande erro tentarmos falar para todo mundo da mesma forma. É preciso delimitar nosso público com clareza e trabalhar nele com absoluto envolvimento, descobrindo suas peculiaridades e seus anseios. Feito isso, é hora de encontrarmos a melhor maneira de falar com ele. Usar o discurso certo e o tom exato.

Em design, não dá pra oferecer suco de uva para as pessoas que estão sedentas por uma boa taça de vinho.

Os dois podem até ser parecidos na origem mas o sabor e o processo fazem uma diferença incrível.

Artigo escrito pelo designer Morandini.

Comentários
INÍCIO