Colunas

As árvores somos nós

Arte: Morandini

Uma árvore nova é aparentemente frágil e muito flexível.
Essa aparente fragilidade permite que ela resista aos primeiros anos de vida, se curvando à força do vento e da chuva até que ganhe resistência e cresça com seu tronco forte e rígido… Quando um designer está em início de carreira, a flexibilidade deveria fazer parte do seu crescimento.

Gostamos de ditar regras e propagar nossas verdades desde os primeiros anos. Isso frustra que nosso crescimento ocorra de forma ampla e natural. Nunca seremos árvores plenas e frutíferas pois faltou algo importante bem lá no começo.

Na verdade, nunca deveríamos ser “árvores acabadas”. Deveríamos continuar sempre jovens e flexíveis para sobreviver às mudanças e às intempéries do mercado e da vida.

Artigo escrito pelo designer Morandini.

Comentários
INÍCIO